Internet é fonte para 1,87 milhão de turistas estrangeiros

A rede se consolida como principal fonte de informação para os viajantes, à frente de amigos e parentes.

A internet foi a principal fonte de informações para 1,87 milhão de turistas estrangeiros que vieram ao Brasil em 2012. Parentes e amigos sempre foram a principal fonte de informação. Em 2010, no entanto, essa realidade mudou: a rede tornou-se o principal meio para saber sobre turismo. Os dados constam no estudo da Demanda Turística Internacional 2012, realizado pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Na segunda posição, amigos e parentes aparecem com 1,45 milhão. Em terceiro lugar, com 903 mil estrangeiros, estão as informações que chegam por meio de viagens a trabalho.

“O estudo mostra que as pessoas têm recorrido a novas fontes de informação. Os destinos devem estar atentos a essa tendência para atrair não apenas os estrangeiros, mas o próprio brasileiro”, disse o secretário Nacional de Políticas de Turismo, Vinicius Lummertz.

A internet se diferencia dos guias de viagem e meios convencionais de promoção do turismo porque expõem a avaliação dos próprios usuários que estiveram nos hotéis, pousadas e pontos turísticos. Um dos maiores sites de viagens do mundo, o Trip Advisor, já acumulou 100 milhões de opiniões de visitantes virtuais.

O Ministério do Turismo também ajuda o turista na escolha dos meios de hospedagem, guias turísticos, locadoras de veículos, entre outros, por meio do Cadastur,  o cadastro de prestadores de serviços do MTur. Ele garante a regularidade do prestador de serviço.

Clique aqui para ver como a busca por informações evoluiu de 2006 a 2012 e escute o áudio da declaração de Vinicius Lummertz sobre a importância da internet.

Fonte: MTur

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS